Governo apoia produção e comercialização de agricultores familiares em Primeira Cruz

Reunião

Reunião

Uma lagoa calma e com águas transparentes, localizada no povoado Cassó, em Primeira Cruz, tem atraído muitos turistas e empresários do ramo hoteleiro e alimentício. Pensando nesta oportunidade, o Sistema de Agricultura Familiar (Agerp, SAF, Iterma), em parceria com a Prefeitura de Primeira Cruz e o Sindicato dos Trabalhadores (as) Rurais (STTR), reuniram-se com os agricultores familiares do povoado Cassó, nesta terça-feira (28), para viabilizar projetos de incentivos a agricultura familiar.

No povoado Cassó, moram cerca de 200 famílias, que vivem basicamente da agricultura familiar e da pesca. Na ocasião, foram definidos a realização das feiras da agricultura familiar, a execução do PAA, além da implantação de projetos produtivos e coletivos utilizando irrigação.

Reunião

Reunião

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, afirmou que a agricultura familiar é um importante pilar para a economia do Estado. “Nós somos orientados pelo governador Flávio Dino a apoiar essa atividade e dar condições para que o agricultor possa produzir e comercializar. Nós ajudamos essas famílias com fomento, assistência técnica, e agora estamos inserindo-as nos canais de comercialização”, pontuou.

A superintendente de Comercialização e Organização Produtiva da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Marilene Bandeira, disse que a reunião com os agricultores foi fundamental porque foi um momento de ouvi-los e conhecer as principais culturas cultivadas por eles como a mandioca, milho, feijão, macaxeira, fruticultura e hortaliças.

Lagoa do Cassó

Lagoa do Cassó

“Saímos dessa reunião com vários avanços. Foi definido a realização da primeira feira da Agricultura Familiar da comunidade, prevista para o dia 9 de junho. Além da feira, o município de Primeira Cruz executará o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, explicou Marilene.

O município de Primeira Cruz tem várias ações do Governo do Estado realizadas por meio do Plano Mais IDH. No fortalecimento da agricultura familiar, com foco na produção e renda, são atendidas 300 famílias que receberam fomento e assistência técnica.

“Na comunidade Cassó, são 28 famílias que receberam incentivos produtivos e hoje contabilizam muitos resultados. É gratificante ver todo esse entusiasmo dos agricultores familiares em poder articular junto conosco a comercialização de seus produtos”, concluiu Waldemar Diniz, gestor regional da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp).

Reunião

Reunião

Além da comercialização, a equipe do Sistema SAF visitou algumas áreas visando a implantação de áreas produtivas utilizando irrigação e atividades coletivas.

“Com esse apoio do Governo, esperamos alavancar e impulsionar a agricultura familiar da comunidade Cassó. Queremos que o resultado da comunidade do Cassó seja motivação para outras comunidades de Primeira Cruz”, declarou Lucimar Pereira, secretário de agricultura de Primeira Cruz.

Participaram da reunião a coordenadora do Mais IDH, Suziane Machado, Lins Cristiano, a coordenadora do polo Viviane Anchieta e os técnicos do Mais IDH, Márcio,  Magno e Alan Delon.

Texto: Claudilene Maia