Governo leva água e dignidade para moradores de comunidades rurais de Peritoró

Agua de qualidade

Agua de qualidade

Mais de 150 famílias do povoado Levada, no município de Peritoró, localizado no leste maranhense, receberam nesta quarta-feira  (17), um Sistema Simplificado de Abastecimento de Água – SSAA, que tem como objetivo o fornecimento de água para consumo e produção. Esta é a nona tecnologia de infraestrutura hídrica que o Sistema de Agricultura Familiar entrega para municípios maranhenses.

Foi com muita animação e sentimento de sonho realizado que as famílias da comunidade Levada receberam o SSAA. O Sistema é compostos por poço artesiano, reservatório, caixa d’água e redes de distribuição.

“Há dez anos que eu moro aqui nesse assentamento e sempre sofremos com a falta d`água. Hoje estamos realizando um sonho. Tudo vai melhorar porque além da água para nosso consumo, nós também teremos água para a criação de pequenos animais e cultivo de hortas”, enfatizou Adilson Pereira, morador da comunidade Levada.

SSAA

SSAA

Em Peritoró, este é o segundo sistema entregue, uma vez que no início do mês o povoado São João das Neves foi beneficiado com um sistema.

“Água é imprescindível para a sobrevivência das pessoas. Até o momento o Sistema de Agricultura Familiar já entregou nove SSAA, distribuídos nos municípios de Açailândia, São Raimundo das Mangabeiras, Icatu, Lago do Junco e Peritoró, com investimentos na ordem de R$ 1,9 milhão. Até 2019, as Secretarias de Estado da Agricultura Familiar (SAF) e a de Desenvolvimento Social (SEDES) irão  construir 365 SSAA em 142 municípios”, explicou Júlio César Mendonça, secretário da SAF.

“Com essa ação de acesso à água, esperamos promover avanço social e econômico para quem mais precisa”, concluiu, Júlio César.

SSAA

SSAA

O prefeito de Peritoró, Jozias Lima, agradeceu as ações do Governo do Estado no município e falou da importância do trabalho feito em parceria.
“É com muita alegria que recebemos essa obra tão importante para essas famílias que estão precisando de água.  Acredito que a partir de agora as pessoas dessa comunidade terão uma melhor qualidade de vida”, finalizou o prefeito.

Lago do Junco

No mês de setembro, trinta famílias da comunidade Centro dos Pastores, no município de Lago do Junco, realizaram um sonho antigo que era acesso à água. Foram 2km de rede de distribuição de água que beneficiou todas as famílias do povoado.

João de Sousa, de 78 anos morador da comunidade Centro dos Pastores, relatou a importância do SSAA para a comunidade. “Todas as pessoas daqui da comunidade estão agradecidas por esse poço. Isso aqui é uma obra que a gente tinha carência. Há muitos anos que nós estávamos sofrendo com a falta d’água e hoje nós temos água a nosso favor e estamos muito agradecidos”.

Icatu

Com investimento em torno de R$ 800 mil, foram construídos Sistemas nas comunidades quilombolas de Boqueirão, Boca da Mata, Santa Maria e Fazenda, beneficiando cerca de 250 famílias de agricultores familiares.A implantação destes Sistemas faz parte do conjunto de ações promovidas por meio do Programa “Maranhão Quilombola”, que integra diversas ações de acesso às políticas públicas para o desenvolvimento social e econômico dos quilombos e uma das estratégias de atuação do programa é denominado de “Rota Quilombola.”

Segundo a produtora Vera Lúcia, a implantação do SSAA só vem a contribuir com o sustento das famílias. “Essa água é de primeira qualidade, tínhamos muitas dificuldades com abastecimento de água e agora temos água saindo de nossas torneiras, só temos a agradecer por esse benefício,” afirmou a agricultora.

Participaram da solenidade de entrega o prefeito de Peritoró, Jozias Lima, o vice prefeito e presidente da FETAEMA, Chico Miguel, o secretário adjunto da SAF, Chico Sales, o superintendente de Reordenamento Agrário da SAF, Pedro Bello, a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural-  Agerp, Loroana Santana e a Gestor Regional da Agerp de Codó, Rosiane Lobo, a população do povoado, vereadores e representantes de movimentos sociais.

Fonte: SAF / Texto: Claudilene Maia

Data: 17 de outubro de 2018